Facilitando o contato entre as pessoas em situação de crise e voluntários capacitados, dispostos a oferecer ajuda pra quem necessita. Plantão de apoio psicológico voluntário na pandemia.

 

header-img
img

SOBRE

O Projeto propõe oferecer acolhimento psicológico voluntário às pessoas que apresentam demandas de sofrimento psicológico relacionados aos efeitos diretos e indiretos desencadeados durante a pandemia da COVID-19. Os atendimentos são oferecidos na modalidade on-line, por meio de plataformas digitais como Skype e Zoom com agendamento prévio. Os atendimentos são feitos por profissionais Psicólogos seguindo as normas e orientações do Conselho Regional de Psicologia e Igreja Adventista do Sétimo Dia. Por se tratar de casos de emergenciais, o projeto inicia com o período de 3 meses (abril/maio/junho), podendo se estender de acordo com a demanda e o período da pandemia. Acreditamos que a atenção em ouvir o que o outro está vivenciando é um agente poderoso e pode transformar a vida das pessoas, especialmente nesse momento. Nesse sentido, nossos objetivos é soprar o amor, acolhendo e levando esperança.

A consulta será realizada exclusivamente por meio digital, respeitando o isolamento social e o cuidado com as partes envolvidas.

O foco será diminuir a ansiedade através de estratégias cognitivas e comportamentais. Não é um tratamento psicológico, mas uma relação de ajuda e o ensino de habilidades.

A pessoa interessada, ao concordar com as recomendações propostas, preenche o cadastro, escolhe o profissional e agenda seu atendimento, clicando no horário escolhidos.

Como encarar as lutas da vida e os desafios do futuro? Este livro apresenta novas maneiras de entender as notícias que vemos e ouvimos todos os dias. Analisa fatos que estão mudando a face do mundo. Relata histórias impressionantes e aponta para novas maneiras de viver com mais confiança, certeza e paz interior.

Como vai sua família?  O relacionamento entre marido e mulher, entre pais e filhos muitas vezes parece encantador para os que olham de fora, mas só quem vivencia os dramas do cotidiano conhece as frustrações, as feridas e os traumas sofridos dentro de uma casa que deveria ser um lugar de paz.

Praticar exercícios  e ter uma dierta balanceada são hábitos que trazem bem-estar e melhoram a saúde, como sabemos . Ainda assim, estamos sujeitos a doenças     que podem afetar qualquer parte do nosso corpo.  Mas o que fazer quando a doença não pode ser localizada? Como agir quando o sofrimento e a angústia estão lá dentro, causando feridas invisíveis  e profundas?